Perguntas Frequentes – Terapia de DBS

O que é a terapia de estimulação cerebral profunda (Deep Brain Stimulation - DBS) para a doença de Parkinson?

A DBS oferece um método ajustável, e se necessário, reversível, para o tratamento dos sintomas da Doença de Parkinson.

Como a terapia funciona?

A DBS usa um dispositivo médico cirurgicamente implantado semelhante a um marca-passo cardíaco para fornecer estimulação elétrica a regiões do cérebro que controlam o movimento. A estimulação dessas regiões bloqueia os sinais que causam os sintomas motores incapacitantes da doença de Parkinson. O resultado disso é que as pessoas conseguem ter maior controle sobre seus movimentos corporais.

Quais são os componentes implantados de um sistema de DBS?

O sistema de DBS consiste de três componentes implantados:

  • Dois cabos-eletrodos implantados no cérebro
  • Duas extensões que passam sob a pele, desde a cabeça, através do pescoço até a parte superior do peito
  • Um ou dois neuroestimuladores implantados sob a pele do peito, abaixo da clavícula, e conectados às extensões

É possível ajustar os parâmetros do dispositivo?

Os parâmetros do dispositivo e os níveis de estimulação podem ser ajustados não-invasivamente por um clínico usando um dispositivo de programação.

Quais benefícios a DBS oferece?

Embora não exista cura para a doença de Parkinson, a DBS pode reduzir alguns dos sintomas associados a ela.1

Quais são os potenciais riscos da DBS?

Os riscos da DBS podem incluir os riscos de cirurgia, efeitos colaterais ou complicações com o dispositivo. Por favor, consulte Benefícios e Riscos para obter maiores detalhes.

Qual é a história da DBS?

Os neurologistas e neurocirurgiões já têm usado a estimulação elétrica desde os anos 60 como forma de localizar e distinguir locais específicos no cérebro. A tecnologia de estimulação cerebral foi criada nos anos 80.

A DBS cura a doença de Parkinson?

Até o momento, não existe cura para a doença de Parkinson. A terapia de DBS pode tratar alguns dos sintomas da doença de Parkinson, mas não cura a condição subjacente. Se a terapia for descontinuada, os seus sintomas retornarão.

Qual a eficiência da DBS no tratamento da doença de Parkinson?

Em estudo clínico, 87% dos pacientes demonstraram melhoras no escore motor no estado SEM medicação ao final da avaliação de 12 meses.1

Referências

  1. Therapy Clinical Summary, 2003.

A orientação médica não pode ser substituída pelas informações contidas neste site. Sempre converse com o seu médico sobre diagnóstico e opções de tratamento.

Section Navigation

Additional information

Contact Us

Medtronic Comercial Ltda
Medtronic
Rua Joaquim Floriano, 100 - 7º andar
São Paulo - SP
work 55 11 2182-9200
work 55 11 2182-9240 (fax)
Brasil