Neuroestimuladores Para Distúrbios do Movimento

A terapia de estimulação cerebral profunda (Deep Brain Stimulation - DBS) está atualmente aprovada para tratar doença de Parkinson, tremor essencial e distonia. Essa terapia ajustável e reversível usa um dispositivo implantável que estimula regiões do cérebro eletricamente, o que possibilita que os circuitos cerebrais que controlam os movimentos funcionem melhor.

Para a Doença de Parkinson

A doença de Parkinson afeta muitas pessoas. Se você for uma delas, você provavelmente sabe que esse distúrbio neurológico do movimento não tem cura. O que você talvez não saiba é que a terapia de estimulação cerebral profunda pode reduzir alguns dos sintomas associados à doença de Parkinson.2
Mais

Para o Tremor Essencial

Frequentemente mal diagnosticado como doença de Parkinson, o tremor essencial é muito comum. De fato, 1 em cada 5 pessoas acima de 65 de idade pode tê-lo.3 Se o tremor essencial estiver afetando a sua capacidade de ter um estilo de vida ativo, a estimulação cerebral profunda pode ser capaz de ajudar no tratamento dos seus sintomas.
Mais

Para Distonia

Primariamente um problema hereditário, a distonia pode causar graves contrações musculares involuntárias que podem interferir na sua vida diária. A estimulação cerebral profunda pode ser capaz de ajudar.
Mais

Referências

  1. Activa Therapy Clinical Summary, 2003.
  2. What is Essential Tremor? (O Que é o Tremor Essencial?) Disponível em: www.essentialtremor.org. Acessado em 14 de julho de 2008.
  3. What is Essential Tremor? Available at: www.essentialtremor.org. Acessado em 14 de julho de 2008. 

A orientação médica não pode ser substituída pelas informações contidas neste site. Sempre converse com o seu médico sobre diagnóstico e opções de tratamento.

Section Navigation

Additional information

Brasil